Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Alien's Home

06 de Novembro 2023

por Alien, em 22.01.23

photofunky.gif

ThirdUntidyHatchetfish-size_restricted.gif

Ah pois é, já tenho os bilhetes para assistir ao maior espetáculo do mundo.

Não, não é o circo. É o concerto da Diva Madonna que vai entrar em tour e, não se esqueceu de Portugal.

 

Há quem goste muito, como eu, e, há quem não goste nada. Indiferente ninguém fica.

No dia 6, vou ouvir os seus maiores sucessos com uma nova cara, atualizados para 2023. A tour que os fãs pediam.

Bilhetes a esgotarem em cinco minutos, datas novas já agendadas. É o efeito Madonna.

Não me enervem nos comentários ou é tudo corrido a pontapé. Just strike a pose!

Mas isto sou só eu

Ciúmes...

por Alien, em 16.01.23

((...)Every breath you take, Every move you make, Every bond you break, Every step you take,

I'll be watching you(...)

 

Como gosto de que os meus textos sejam lidos e sei que vocês não têm muita paciência para textos longos, vou tentar abordar este tema de uma forma sucinta e peço desde já que tenham isto em consideração

Nunca compreendi os ciúmes. Os terrestres são estranhos, sim. Mas nunca consegui processar verdadeiramente na minha cabeça, o conceito de ciúmes numa relação a dois.

Aquele tipo de relações em que o casal partilha uma vida e onde não há motivos para existirem ciúmes. Quero dizer: nenhumas das partes tem uma conduta que possa ser posta em causa. E esta é posta em causaNão alcanço o motivo de um deles, começar a "bater mal" e a suspeitar do parceiro. 

 

É ridículo. Os homens desconfiam de com quem elas falam ao telefoneCom quem se dão no emprego. Desconfiam das amigas porque as podem levar para o caminho da perdiçãoChegam a casa e são interrogadas, examinadas, sondadas até à exaustãoBasicamente o que lhes estão a chamar é de: VACAS! Sim. Estão a verbalizar: tu, mal eu viro as costas vais-te colocar debaixo do primeiro gajo que apareça. E elas ou escolhem aturar isto, ou pegam nas malas e porta fora. É humilhar a parceira basicamente, até ela dizer chega. Se não vivem juntos, não é preciso fazer as malas. Os tempos são outros. Manda-se uma sms a dizer: és doente, cansei-me!

 

Elas, seja o marido ou o companheiro, um homem lindo de morrer ou a maior aberração à face do planeta metem na cabeça de que todas as mulheres os querem comer. E chegam ao ponto de ler as mensagens do telemóvel, de snifar que nem caniches as camisas, de verificar os cartões de crédito, até de os seguir. Enfim, de fazer figuras tristes.

 

Ciúmes. Insanidade temporária?

 

Como se cura?

 

O ser humano aprende com a experiência e algum sofrimento. Sim porque o ser humano é como o macaco, se lhes damos choques eléctricos eles mudam o seu comportamento. 

 

Estes seres humanos, à custa de perderem outros que amavam graças aos malditos ciúmes, começam a pesar as suas atitudes. Pode levar o seu tempo. Mas vão mudando. Até que algures no espaço e no tempo aparece outro ser humano que voltam a amar e que devido à experiência dos choques eléctricos, começam a olhar para a relação de outra forma. E mesmo que tenham pequenas recaídas, guardam-nas para si. Estes seres humanos vencem os ciúmes. Vencem a doença.

 

Uma relação para funcionar é necessário que o outro saiba dar ao seu companheiro/a espaço. Que não esteja constantemente a respirar em cima do seu pescoço. A palavra "indivíduo" não existe à toa. Apesar de formarem um casal, dentro desse casal existem dois indivíduos que necessitam de ar, se esse ar é suprimido por um ciúme doentio, o outro não tem como respirar, como viver. É assim que eu vejo os ciúmes.

Quem ama não desconfia, confia.
O ciúme doentio mata o amor.

O ciúme saudável,leve,brincalhão, esse é bem vindo.

Deu-me para aqui, a importância da ervilha na alimentação Portuguesa é algo em que também ando a pensar. Fica para a próxima.

My wife's jealousy is getting ridiculous.

The other day she looked at

my calendar and wanted to know who May was.

Rodney Dangerfield

Maldita Emel...

por Alien, em 05.01.23

alianspace_dzc5mb12.gif

EMEL - Empresa de Mobilidade e Estacionamento de Lisboa, traduzindo para:

Estado de Merda e de Extorquição de Lisboetas. 

 

Não venham com tretas, os tipos da EMEL trabalham à comissão, ponto. E vou mais longe, ausentam-se de determinadas regiões, para regressarem em força mais tarde e sacarem multa atrás de multa.

 

Uma história.

À uns anos atrás fui operada ao joelho e, para meu azar, enquanto andava em recuperação a minha querida mãe foi operada a uma anca. Tive de lhe prestar assistência e, lá ia eu todos os dias de muleta levar as suas solicitações e regressar com os resíduos.

 

Numa não tão bela tarde, após deixar a minha mãe, dirijindo-me para o carro, vejo uma senhora da EMEL de volta do meu carrito. Ainda tinha três minutos para disfrutar e a senhora já tinha um papelito na mão.

 

Imaginem a cena, eu carregada de sacos, a arrastar-me com uma muleta a dar de caras com este cenário. Passei-me. Apesar dos meus lamentos num estado de voz elevado e extremamente irritada recebi da senhora da EMEL o seguinte veredicto:

- Sabe pode ir aos correios e cancelar a multa, eu não posso fazer nada aqui, já a registei.

Rasgando a multa em pequenos confetis, atirei os dito cujos na direcção da senhora. O que podia acontecer? Prender-me em nome da EMEL?  O erro foi dela e eu teria de me arrastar de muleta até aos correios mais próximos? Eu ainda tinha três minutos, mas, a comissão dela falou mais alto.

 

Isto para chegar aonde? Ontem rebocaram-me o carro e tive de pagar 145 euros para o salvar. E porquê? Porque estacionei num local onde sempre estacionei mas que após o dia 1 de janeiro passaria a estar condicionado pelos parquímetros. Avisar os moradores? Nahhh, onde estava a piada e as comissões se os avisassem?

 

Resumindo, vou passar a usar a nave. É mais caro mas ninguém da Estado de Merda e de Extorquição de Lisboetas conseguirá rebocar a minha nave.

À chuva ou ao sol, andam sempre à caça de multas e querem que acredite que não são pagos à comissão? Pois sim, seriam como são, extremamente empenhados e profissionais se não existisse essa coisa chamada de comissão?

Estou de volta, como sempre, pronta para arrasar os terrestres.

Mas isto sou só eu

Boas entradas...cof...cof

por Alien, em 27.12.22

5zmcjw.jpg

1209292449happy-new-year-gif-colorful-lights-gif.g

Coisas que nos fazem pensar!

Mas isto somos só nós 

O meu Natal...

por Alien, em 17.12.22

6395891_0.webp

Para terem uma ideia de como é o meu Natal, vou falar de natais passados como o do ano passado


A minha família já habita este planeta há anos e é natural que tenhamos adquirido determinados rituais humanos. O Natal é um deles. Claro que mesmo estando longe de casa todos os anos incorporamos no Natal terrestre as nossas próprias tradições.

Nem sei por onde começar?! Talvez pela árvore de Natal; nesta só podem ser penduradas decorações comestíveis.

A nossa forma de celebrar o abrir das prendas é libertadora.
Despimo-nos todos e depois de abrirmos as prendas dançamos à volta da árvore de Natal.No ano passado, foi ao som daquela do "Bring the Sexy Back". Rodopiando e saltando, todos contentes sem trapos a prenderem os nossos movimentos.

Depois segue-se um jogo que é demaisAproveitamos as caixas e embrulhos que ficam no chão e atiramos com eles à cara uns dos outros , claro que nos baixamos e tentamos desviar-nos dos objectos, acertar na cara dá a vitória ao jogador, é muito giro. A minha mãe , no ano passado, coitada teve de ir para a cama mais cedo com um ombro quase que deslocado. Mas lá continuámos a jogar, e não é que a sacana da minha sobrinha de cinco anos atirou com uma caixa da Nike à cara do pai e ganhou o jogo.

Outra tradição muito nossa é ver quem aguenta mais tempo sem respirar, mas este jogo é mais para gozar com o meu primo que tem asma. Não aguenta mais de 10 segundos.
 
No dia 25, temos o nosso grito de guerra, antes de começarmos a comer o peru, sentados à mesa damos as mãos e berramos:
"O pai Natal não existe! Viva o Peru que deu a vida por nós!".
 
Enfim, teria mais para vos contar, mas não posso expor demais a minha família.
 
Mal posso esperar por este ano. Qual será a música libertadora? Estou ansiosa. A depilação já está feita.
 
Mas isto sou só eu.
 
p.s - Só mais um detalhe, a árvore de Natal tem de ser dividida de forma a que cada membro da família fique com um pedaço para levar para casa, no caso de ter fome mais tarde

Já chega!

por Alien, em 17.12.22

giphy (1).gif

É a última vez que escrevo sobre o CR7.

Já chega! Que paranóia nacional é esta agora de se andar a escrever que o mundo está contra o cr7, que os portugueses são ingratos, que viraram as costas ao Ronaldo, que ele precisa de ajuda, que os portugueses já esqeceram tudo de bom que ele nos deu.

 

Desculpem lá - ou não - mas estou farta desta conversa de merda. 

Ninguém quer acabar com o Ronaldo, nem ele necessita de pena. 

Eu como alienígena portuguesa tenho culpa dos disparates feitos pelo jogador? Sou má pessoa por:

  • Nenhum clube europeu querer o jogador?
  • De o seu ego estar a manchar uma bela carreira?
  • De dar entrevistas em pleno mundial, que apenas o prejudicaram?
  • Tenho culpa da irmã só escrever disparates, que o fazem parecer ridículo. Tenho?
  • O entrar em guerra com o M.united, recusando entrar em campo, ou amuar por não jogar, isto tanto no clube como na selecção portuguesa, tenho culpa? Deveria de bater palmas porque é o Ronaldo?
  • É culpa minha que o jogador tenha causado mau ambiente quer na Juventus, quer no United?
  • Tenho culpa de ele estar em má forma e de não marcar golos?

Já chega! Quem cavou o buraco onde está foi o próprio e estou farta de me chamarem de ingrata porque digo a verdade e nada mais.

Tenham juízo.

Eu tenho pouco, mas ainda vejo sem palas.

Mas isto sou só eu, farta.

Quando conheci um ajudante de belzebu.

por Alien, em 12.12.22

15773019247e3a8617d1afaf8bfc6140290682a3.gif

Fiquem longe do Convento da Arrábida.

Meus amigos terrestres, o que vos vou contar é verídico e talvez vos venha a ajudar num futuro que espero que nunca se materialize. Esta história veio-me à cabeça e resolvi partilhar aqui.


Conheço bem a Arrábida pois detenho uma casa em sesimbra, no entanto, nunca tinha ido ao convento. Naquele dia virei-me para o macho alienígena que estava comigo e disse-lhe que seria giro ir ver o Convento da Arrábida, ele concordou e em minutos tínhamos chegado.
 
Saí do carro e verifiquei que o portão verde enferrujado estava fechado. 

Quando olhei pelo retrovisor para fazer marcha atrás, vi que não o podia fazer porque um homem falava com os outros dois humanos, de um carro parado atrás do nosso.
 
Comecei a conversar com o macho alienígena e como que se deslizando pelo ar sinto uma cara quase dentro do meu carro que me pergunta:
- Posso ajudá-los?

Tive um arrepio e senti uma energia tão forte e negativa vinda daquele homem que fiquei muito assustada. A primeira coisa que me chamou a atenção - depois daquela cara hedionda, cheia de negatividade - foi a cruz de plástico que trazia ao peito. 
O diálogo foi mais ou menos este:
 

- Nós vínhamos visitar o convento - digo, mostrando-me destemida, fingindo é óbvio.
- O convento não recebe visitas!
- Ah, é pena. -  acrescentei
 
Com um sorriso, este ser diz:
-Bem, existem as visitas especiais.
- Especiais?
- Sim, os senhores ligam para o número que se encontra no portão e eu dou-vos uma visita guiada...afinal vivo aqui há mais de 18 anos.
 
Olhei novamente para a cruz.
 
- 18 anos?  E vive aqui sozinho? - perguntei
-Tenho companhia.
- Ah, vivem aqui freiras?!
- Não! É outro tipo de companhia. - Fez uma pausa que meus amigos, eu sendo fã de filmes de terror, nunca vi uma a expressão daquelas.
 
Continuando a fingir de que nada se passava indaguei.
 
-Vive com alguém?
- Pode-se dizer que sim! - sorrindo
-Tem cães ou gatos? - questionei
Não recebi uma resposta nem afirmativa nem negativa.
 
- Olhem, sinceramente recomendo uma visita, sei alguma coisa sobre este convento, é uma visita i-n-t-e-r-e-s-s-a-n-t-e! Liguem!

Disse que sim e coloquei a marcha atrás o mais depressa que consegui. Quando íamos em movimento virei-me para o macho alienígena e perguntei:
 
- Sentiste o mesmo que eu?
- Fod#-se!Aquele homem passou uma energia tão negativa. Assustou-me mesmo.
- Ninguém me apanha a visitar o Convento. Reparaste na cruz?
 
Chegámos à conclusão que era deveras estranho aquele ser que vive ali há 18 anos não ter uma cruz verdadeira ao pescoço, mas uma de plástico com um desenho fora do normal.Fuck!
 

Quando contámos isto a um amigo de sesimbra ele disse:
 
- Mas olhem que aquele convento é lindo, quando ainda estava aberto era possível ver as masmorras e as correntes de ferro, às quais os condenados eram amarrados para serem torturados.
 
E lembramo-nos de ele ter dito que tinha companhia no convento. Estaria a referir-se a almas penadas? Se é que isso existe?
 
Aqueles que possam pensar que estou a exagerar, que vão até ao Convento e toquem à campainha. Boa sorte.
 
Liguei à mãe alienígena.
 
Contei-lhe tudo. Ela que é crente em Deus, também acredita no mal, nas energias negativas que nos rodeiam. Não é fanática, é uma pessoa calma que acredita no que acredita e disse-me:
 
- Quando for assim, disfarçadamente - numa perna, braço - faz o desenho de uma cruz.
 
Conhecemos o dito cujo ou um dos seus ajudantes, só pode. Sem a mínima preocupação, a minha mãe diz-me:
- Não dês mais importância a isso, não vale a pena. Retorquiu com uma serenidade impressionante.
 
- Queres ficar calma Alien?
- Quero!
Então disse um pai-nosso. O facto é que me senti diferente, ajudou. Não sei como mas ajudou.
 

A história já vai longa, mas o meu conselho é:
Levem a sério as minhas palavras alienígenas e fiquem longe do Convento da Arrábida. Se um dia se cruzarem com aquele ser arrepilante vão-se lembrar deste texto.
 
Quem procura, acha.
 
Mas isto sou só eu

Rir é o melhor remédio!

por Alien, em 05.12.22
 

ec4bf5b920c678a24b9dbd3b15fd4684.gif

Se acredito nos signos? Às vezes. Outras acho um perfeito disparante.
E vocês?
 
Um amigo, deu-se ao trabalho de descrever os signos nas suas inúmeras peculiaridades, quero que me digam se, por acaso, se revêem nestas descrições.
 
Let the game begin.
 
 
Carneiro
O que o Carneiro diz depois do sexo: Fantástico, bora lá outra vez!
Como o Carneiro reza antes de dormir:
Querido Deus! Dá-me PACIÊNCIA… AGORA!
Como irritar um Carneiro:
Fale com eles muiiiittttoooo lentamente, com grandes pausas entre as palavras. Impeça que falem ou caso estes estejam a falar, interrompa-os!
Adesivo para o vidro do carro do Carneiro:
Passa por cima, parvalhão!
Porque é que o Carneiro atravessou a rua?
De certeza que foi para meter conversa com alguém que estava do outro lado.
Quantos Carneiros são necessários para trocar uma lâmpada?
Apenas um, mas serão necessárias muitas lâmpadas!
 
 
 
Touro
O que o Touro diz depois do sexo: Estou com fome – passe a pizza!
Como o Touro reza antes de dormir:
Deus, por favor, ajuda-me a aceitar MUDANÇAS na minha vida, mas AGORA NÃO.
Como irritar um Touro:
Gasta o dinheiro deles, pede para dar uma dentada na sua sandes ou maçã, desperdiça-lhes o material e não lhes devolvas as coisas!
Porque é que o Touro atravessou a rua?
Porque embirrou que havia de atravessar.
Adesivo para o vidro do carro do Touro:
Não tenho tudo que amo… Mas é uma questão de tempo e paciência…
Quantos Touros são necessários para trocar uma lâmpada?
Nenhum. Touros não gostam de mudar nada.
 
 
 
Gêmeos
O que o Gémeo diz depois do sexo: Viste o controle remoto?
Como é que o Gémeo reza antes de dormir:
Oi Deus…Ou será deusa?… Quem és tu?… O que és tu?… Onde estás tu?… Quantos tus existem? Eu não te consigo imaginar!
Como irritar um Gémeo:
Aborrece-os com lágrimas e longos monólogos sobre a tua vida sentimental. Ou então, simplesmente não converses com eles!
Porque é que o Gémeo atravessou a rua?
Se nem ele sabe, como é que eu vou saber?
Adesivo para o vidro do carro do Gémeo:
Não me siga, posso mudar de rumo a qualquer momento.
Quantos Gémeos são necessários para trocar uma lâmpada?
Dois (claro). Vão demorar um fim-de-semana inteiro, mas quando acabarem a lâmpada vai fazer café, falar francês e vai dar luz da cor que quisermos.
 
 
 
Caranguejo
O que o Caranguejo diz depois do sexo: Quando nos casamos?
Como o Caranguejo reza antes de dormir:
Querido Paizinho, sei que eu não deveria depender tanto de ti, mas és a única pessoa com quem eu posso sempre contar quando o meu cobertor de segurança está na máquina de lavar.
Como irritar um Caranguejo:
Insulta a mãe dele (com classe, é claro). Critica a casa dele. Adverte-o de que pode perder o emprego. Diz que aquela foto de família pendurada na sala é pirosa e confunde o retrato da avozinha com o Mike Tyson.
Porque é que o Caranguejo atravessou a rua?
Porque se estava a sentir só e abandonado deste lado de cá.
Adesivo para o vidro do carro do Caranguejo:
Não tenho tudo que amo, mas amo tudo que tenho.
Quantos Caranguejos são necessários para trocar uma lâmpada?
Apenas um. Mas leva três anos para um terapeuta ajuda-lo a passar pelo processo.
 
 
 
Leão
O que o Leão diz depois do sexo: Não foi hiper-mega fantástico?
Como irritar um Leão:
Ignora-os. Pergunta-lhes : “Qual é mesmo o teu nome?”. Em público, não os apresentes às pessoas importantes.
Como o leão reza antes de dormir:
Oi, Paizinho!Aposto como estás realmente orgulhoso em ter-me a mim como filho!
Porque é que o Leão atravessou a rua?
Para chamar a atenção, sair nos jornais, revistas, etc.
Adesivo para o vidro do carro do Leão:
Tudo o que tenho me ama!
Quantos Leões são necessários para trocar uma lâmpada?
Um Leão não troca lâmpadas, a não ser que ele segure a Lâmpada e o mundo gire em torno dele.
 
 
 
Virgem
O que a Virgem diz depois do sexo: Preciso de lavar os lençóis…
Como a Virgem reza antes de dormir:
Querido Deus, por favor faz do mundo um lugar melhor e não o destruas como fizeste da última vez.
Como irritar uma Virgem:
Chore bastante. Desarrume a casa dela, atrapalha-lhe a agenda, esquece-te de fechar a pasta de dentes. Ao pé do armário da casa-de-banho indague: “Para quê tanto remédio?”.
Porque é que a Virgem atravessou a rua?
Ela ainda não atravessou porque está a medir a largura da rua, a velocidade dos carros, se essa experiência é válida, qual seria a melhor hora de atravessar a rua, etc.
Adesivo para o vidro do carro da Virgem:
Não me siga. Preciso passar no médico.
Quantas Virgens são necessários para trocar uma lâmpada?
Vamos ver: uma para virar a lâmpada, uma para anotar quando a lâmpada queimou e a data em que ela foi comprada, outra para decidir de quem foi a culpa da lâmpada ter sido queimada, dez para decidir remodelar a casa enquanto o resto troca a lâmpada…
 
 
 
Balança
O que o Balança diz depois do sexo: Se gostaste eu gostei também!
Como o Balança reza antes de dormir:
Querido Deus, eu sei que eu deveria tomar minhas decisões sozinho, mas o que é que tu achas?
Como irritar um Balança:
Repete bastante – “Isso é contigo, decide rápido!”. Leva-os a lugares feios. Comporta-te de forma grosseira em público, tira macacos, arrota, diz asneiradas, vira a cerveja na mesa, chama o empregado de mesa pelo nome.
Porque é que o Balança atravessou a rua?
Ele nem precisou de atravessar. Alguém acabou por oferecer-lhe boleia.
Adesivo para o vidro do carro do Balança:
Não tenho tudo o que amo, mas vou ter neste sábado à noite.
Quantos Balanças são necessários para trocar uma lâmpada?
Bom, na realidade não sabemos. Acho que depende de quando a lâmpada foi queimada. Talvez só um, se for uma lâmpada comum, mas talvez dois se a pessoa não souber onde encontrar a lâmpada, ou…
 
 
 
Escorpião
O que o Escorpião diz depois do sexo: Talvez eu deva desamarrar-te agora…
Como o Escorpião reza antes de dormir:
Querido Deus, ajude-me a perdoar meus inimigos, mesmo que os sacanas não mereçam!
Como irritar um Escorpião:
Faz perguntas pessoais. Descobre muito sobre eles e dá a entender que sabes. Obtêm mais sucesso do que eles e vangloria-te. Repete sempre: “Isso não é da sua conta!”
Porque é que o Escorpião atravessou a rua?
Porque era proibido.
Adesivo para o vidro do carro do Escorpião:
Não possuo tudo o que amo, mas amo tudo que possuo. E estou sempre por perto!
Quantos Escorpiões são necessários para trocar uma lâmpada?
Mas quem quer saber? Para que é que queres saber? És polícia?!?
 
 
 
Sagitário
O que o Sagitário diz depois do sexo: Não me ligues. Eu depois ligo-te.
Como o Sagitário reza antes de dormir:
Oh Omnipotente,TODO AMOROSO, TODO PODEROSO, OMNIPRESENTE, ETERNO DEUS, EU SÓ LHE PEÇO UMA VEZ, OU ALGUMAS CENTENAS DE VEZES, AJUDE-ME A PARAR DE EXAGERAR!
Como irritar um Sagitário:
Atribui-lhes bastantes responsabilidades. Sê realista quando começam a filosofar. Nunca te rias das piadas deles. Não aproves nenhuma aventura ou algo que possa quebrar a rotina e permanece sempre de mau-humor.
Porque é que o Sagitário atravessou a rua?
Porque a ideia pareceu boa e lhe apeteceu.
Adesivo para o vidro do carro do Sagitário:
Não tenho tudo que amo, mas também nada que me ama me tem.
Quantos Sagitários são necessários para trocar uma lâmpada?
O sol está brilhando, está cedo, temos a vida inteira pela frente e tu estás preocupado em trocar uma lâmpada estúpida?
 
 
 
Capricórnio
O que o Capricórnio diz depois do sexo: Tens cartão de visitas?
Como irritar um Capricórnio:
Organiza tudo para que eles se sintam inúteis. Lembra-os da sua baixa posição social. Embaraça-os em público: faz escândalos, grita com eles. Deixa-os à espera, nunca chegues à hora marcada.
Como o Capricórnio reza antes de dormir:
Querido Pai, eu estava pata rezar, mas acho que devo descobrir as coisas por mim mesmo. Obrigado na mesma.
Porque é que o Capricórnio atravessou a rua?
Porque foi tentar arranjar uns descontos nas lojas do outro lado.
Adesivo para o vidro do carro do Capricórnio:
Tenho tudo que amo e trabalho muito para ter mais ainda.
Quantos Capricórnios são necessários para trocar uma lâmpada?
Nenhum. Capricórnios não trocam lâmpadas – a não ser que seja um negócio lucrativo.
 
 
 
Aquário
O que o Aquário diz depois do sexo: Agora vamos tentar sem roupas.
Como o Aquário reza antes de dormir:
Oi, Deus! Alguns dizem que és homem, outros dizem que és mulher. Eu digo que todos nós somos DEUS. Então, para quê rezar? Vamos mas é fazer uma festa!
Como irritar um Aquário:
Torna-te pessoal e íntimo. Ao encontrá-los, dá-lhes um longo abraço e fiqua a apertá-los contra o peito, emocionado e lacrimejante. Insiste para que eles te liguem várias vezes ao dia para te informarem dos seus movimentos.
Porque é que o Aquário atravessou a rua?
Porque isso faz parte de uma experiência que trará incontáveis avanços tecnológicos no futuro.
Adesivo para o vidro do carro do Aquário:
Não tenho tudo o que amo, mas estou pouco me lixando para posses.
Quantos Aquários são necessários para trocar uma lâmpada?
Vão aparecer centenas, todos competindo para ver quem vai ser o único a trazer a luz ao mundo.
 
 
 
Peixes
O que o Peixe diz depois do sexo: Qual era o teu nome mesmo?
Como irritar um Peixe:
Diz para pensarem em si mesmos e esquecerem dos outros. Marca encontro com eles em locais brilhantes, ruidosos e superpovoados. Deixa-os a falar sem parar e no fim diz que não entendeste nada.
Como o Peixe reza antes de dormir:
Pai Celestial, enquanto eu me preparo para consumir este último quinto de scotch para a esquecer minha dor e o meu sofrimento, possa a minha embriaguez servir para aumentar a tua Honra e Glória.
Porque é que o Peixe atravessou a rua?
Que rua? Ah, pois…
Adesivo para o vidro do carro do Peixe:
Não me siga. Também não me lembro para onde estava a ir.
Quantos Peixes são necessários para trocar uma lâmpada?
O quê? A luz está apagada?
 
 Agora digam da vossa justiça.
 
Mas isto sou só eu

To be or not to be ...unfaithful

por Alien, em 29.11.22

R (3).gif

Infidelidade.Bora lá agitar a blogosfera.
 
A infidelidade entre casais que se amam, é este o tema deste texto.

Como se infiltra a infidelidade em casais que se amam? Quando já não existe amor é muito fácil para a infidelidade bater à porta. Mas, e quando existe amor, como se dá?, conheço casais que passaram por essa dolorosa experiência e não tem piada nenhuma.
Não somos todos iguais é um facto. Então, estarão alguns seres imunes?
 
Vamos dar as mãos e pensar em conjunto.


Acredito que se existe um ligação sentimental forte para com outra pessoa fora do relacionamento, não é necessário ser-se muito inteligente para perceber que mais tarde ou mais cedo o coelho vai entrar na toca. 
 
Se perguntarmos a vários casais - onde existe amor - se seriam capazes de trair a sua cara-metade, provavelmente 99% diria que não. Mas, então isso quer dizer que os casos de que tenho conhecimento se resumem apenas aos 1%. Será?
 
Mesmo quando existe amor, existe a possibilidade de se ser infiel e, não creio que seja uma possibilidade assim tão reduzida. Muitas vezes ama-se a pessoa com quem se está, mas podem entra em campo outros factores que mexem com as hormonas, outrem que vai despertar uma atracção sexual complicada de conter. Os humanos são humanos por alguma razão, nenhum anda com uma auréola a pairar sobre a sua cabeça.
 
Então vamos culpar as hormonas pela infidelidade de muitos?
 
A expressão "a carne é fraca" existe por algum motivo.
 
Há quem diga que os seres humanos não foram "construídos" para permanecerem com uma só pessoa para o resto das suas vidas. Existe quem diga que durante as várias fases do ser humano, este se sente atraído por um "tipo" diferente. Aos 20 anos sente uma atracção por um tipo de ser humano, aos 30 por outro e por aí a fora. Se acreditarmos nesta teoria, então, como é possível vermos casais que estão juntos à séculos? Que chegaram ao final da linha juntos ,felizes e saltitantes.
 
 
O que leva uma das partes a dar uma facada no matrimónio ou na relação que detêm?
À cabeça vem-me a falta de comunicação
 

Quando deixa de existir uma linha de comunicação limpa entre um casal, este está a dar um passo gigante na direcção de uma infidelidade. Os seres humanos quando sentem que não são compreendidos, que não são ouvidos, viram-se para quem lhes dê a atenção que tanto anseiam.
 
Quando estamos no auge da nossa paixão por outro ser, acredito piamente que é praticamente impossível existir infidelidade. São os "passos de bebé" da relação, quando tudo ainda é perfeito, quando a outra pessoa apenas tem virtudes, quando acordamos e nos deitamos a pensar nessa pessoa. Agora, com o avançar dos tempos, a relação muda, já se conseguem ver os defeitos do outro, as lacunas na relação e, é aí que a coisa se torna perigosa.
 
 
Sou uma alienígena com poder de observação - como muitos humanos - e algumas ideias a sobrevoar o meu cérebro. 
 
No entanto, a minha única certeza é de que o ser humano é deveras complicado. Repleto de defeitos, dúvidas, incertezas, convicções, medos e, quando dois se juntam para partilhar uma vida; os defeitos, as dúvidas, as incertezas, as convicções e os medos são a dobrar.
 
 
Existirá um antídoto para a infidelidade? Que me dizem?
 
 
Mas isto sou só eu

Coisas que me fazem pensar

por Alien, em 23.11.22

É impressão minha ou certos terrestres fazem de tudo para aparecer? Para ser notícia. 

O filho do Júlio Iglesias - não o que canta, o Enrique - o outro, o desconhecido, tem uma necessidade perturbante de ser notícia. 

Desta vez, apresentou a sua nova namorada de forma hilariante e ridícula.  Sim, porque é evidente que todos os terrestres querem saber com quem Júlio namora e, se nos apresentarem a moça com um lençol por cima é o êxtase. Palhaçada. Ela sujeitou-se a esta parvoíce.  Sem orgulho, mas de olho no dinheiro,  aceitou participar. E isto faz-me pensar que os terrestres vivem para aparecer. Seja lá onde ou porquê. 

Existem humanos muito ridículos,deveras ridículos. 

Mas isto sou só eu

Haters

por Alien, em 22.11.22

Bolinha vermelha no canto

por Alien, em 19.11.22

R (2).gif

Hoje deu-me para isto. Este cantinho vai explodir!

Não sei se a blogosfera está preparada para este texto? Não sei se os terrestres estão preparados? Ai , os meus receios alienígenas!

SEXO COM AMOR
SEXO SEM AMOR


Existe diferença? Claro que sim! Pelo menos para nós, aliens, existe.

Acredito que muitos terrestres se identifiquem com o que vou explanar. Outros, nem por isso.

Vamos desde já retirar a masturbação desta equação. A masturbação é sem dúvida - como diz woody allen - o fazer amor com quem gostamos, nós próprios. Contudo, e se ao fazê-lo temos na cabeça a martelar e no coração a bombar, alguém em concreto?

Continua a ser um acto puramente sexual, sem emotividade? Já não tenho certezas quanto a este cenário.

Sexo é sexo. Algo animalesco sem o qual não sabemos viver em plenitude, é quase como comer ou beber, é essencial para o nosso bem-estar. Estamos de acordo?

Agora, vamos lá ao que interessa: existe ou não uma diferença entre termos sexo com alguém que amamos e ter sexo com alguém que pouco nos diz? Uma coisa de uma noite, ou até de várias noites, mas que não nos tira o sono, aquela pessoa. Se está por perto, ok. Se não está, ok.

Existe uma diferença? Se existe!
Quando temos relações sexuais com alguém por quem nutrimos um sentimento emocional forte, como o amor, a intensidade do acto é muito mais ampliada. Para começar, o desejo sexual é mais exacerbado. A pessoa ao nosso lado aumenta estupidamente a nossa libido, isto porque temos todos os nossos sentidos focados naquele ser que amamos.

R (1).gif

Quanto ao sexo sem amor. Como dizem muitos humanos; é sexo puro e duro. Não existe uma relação sentimental, apenas uma sexual. Dois seres que se divertem porque ter sexo é sempre bom, raras excepções, como quando um dos dois não sabe o que está a fazer. Preenche da mesma forma que o sexo com amor? Não acredito. Comigo nunca chegou perto. E com vocês?

Quero sublinhar aqui algo muito importante. Para mim - mais uma vez, sendo uma alien - existe uma terceira categoria. Sexo com a pessoa que amamos e o fazer amor com essa mesma pessoa.

Existem momentos em que fazemos amor com o nosso parceiro/a, é mais intenso, intimo, é um querer diferente, até o orgasmo é distinto. Mas, existem por vezes, ocasiões em que só nos apetece que a outra pessoa chegue a casa para lhe saltarmos para cima, e darmos uma valente ali mesmo no chão.

Finalizando, tenho de corrigir o título deste texto para:
Sexo com Amor
Sexo sem Amor
Sexo puro e duro com Amor

E pronto, estamos falados. Não me quero alongar, já falei demais e tenho medo de como este texto vai ser recebido pelos visitantes deste cantinho.

Apeteceu-me trazer a palavra, não do senhor, a proibida, para a blogosfera.

Mas isto sou só eu

Coisas que me fazem pensar.

por Alien, em 13.11.22

source.gif

O pombo-correio recebe  subsídio de desemprego?

Mas isto sou só eu

Inteligência vem da mamã...

por Alien, em 11.11.22

einstein-smart.gif

...e não do papá.

Li um artigo sobre quem passa o quê para quem e, achei piada em arrasar aqui os machos.

 

" (...)Vários estudos mostraram que o cromossoma X é responsável por "transportar" a inteligência. As mulheres têm dois cromossomas destes (XX) enquanto os homens só têm um cromossoma X (XY). Por isso, a probabilidade de as mulheres passarem a sua inteligência aos filhos é duas vezes maior. (...)"

 

Toma! Berra a minha amiga para o marido, enquanto explano a minha nova descoberta e ele simplesmente revira os olhos.

 

"(...)O QI tende a ser semelhante ao das mães foi revelado, num estudo realizado pela Unidade de Ciências Sociais e de Saúde Pública do Conselho de Pesquisa Médica, em Glasgow, Escócia, citado pelo The Mirror. No estudo, foram entrevistadas crianças, todos os anos, desde 1994, com idades entre os 14 anos e os 22 anos. A investigação teve em conta os diversos fatores, como a educação e o estado socioeconómico. Concluiu-se que o melhor indicador de inteligência são as mães.(...)

 

E isto interessa porquê?

Sei lá, estou com uma carraspana em cima, o nariz corre, a garganta doí, e aqui estou eu a tentar, sim a tentar abrir os horizontes dos terrestres me me lêem.

tumblr_mlnkihEcm61rtg76ko1_500.gif

 

Agora, talk among yourselfs, enquanto eu vou tomar outro Brufen.

Mas isto sou só eu

A pedido de muitas famílias...

por Alien, em 09.11.22

Dedicado a todos os terrestres que estão a viver num caos.

Mas isto sou só eu

Sem noção.

por Alien, em 08.11.22

sobrancelha_estado_arte_23.jpg

sobrancelhas-20.jpg

sobrancelhas-bizarras-capa-o6r5e54i4p7v5qvssm7sk49

1704.jpg

33861_7.jpg

R.jpeg

Vi um artigo sobre o assunto patente nas fotos e tive, muita mesmo, curiosidade de ir ver por onde páram as modas.

"(...)Faça um favor a si mesmo e procure um profissional para fazer sua sobrancelha. Abaixe a pinça antes que seja tarde demais. (...)"

Isto estava escrito no artigo. E tendo em conta as fotos dá para perceber porquê.

 

Os terrestres não páram de me surprender. Neste casaso tenho uma desmedida vontade de berrar; Socorro! Como dizia o outro; o horror, o drama...

A beleza está nos olhos de quem vê, neste caso mais vale a pena ser cego.

Mas isto sou só eu

Coisas que me fazem pensar...

por Alien, em 06.11.22

i-dont-believe-in-humans-alien-for-men-women-kids-

Acompanhem-me neste exercício. Se estiverem para aí virados. Vou escrever um pequeno texto. Estejam atentos porque no final do texto tenho uma questão para vocês.

 

Esta roda-viva de emoções irrefreáveis, sem cor, conjugadas numa linha recta onde o fim nunca é visível nem palpável leva-me a crer que tudo não passa de uma brincadeira do destino. Uma partida. A minha vida estagnou. Num pântano escuro aonde a luz não entra porque não deixo. Luz. O que é a luz? Saberemos? Existem infinitas, imensuráveis, feições da luz. Porque não a deixo entrar? A existência é um arcano. Eu sei. Eu penso. O enigma é encontrar-me. Procuro-me nas salas da minha casa e não me encontro. Onde estou? O eu? Onde está? Será que a minha procura é uma causa perdida? Afinal a vida é uma utopia. Sim, é! E o eu? Afinal serei perene? Ou findarei em pó? Indago-me sobre o eu. Partilho com o mundo esta minha dúvida existencial. O que se passa comigo? Serei só eu a elaborar estes pensamentos? E o outro? Partilha desta angústia? Chego a uma conclusão. A vida é assoalhada por um papel com cores adulteradas, e só aqueles que estão disposto a dilacerar esse mesmo papel, encontram o "eu". Ainda não o consegui fazer.

 

Ok terrestres. Aqueles que tiveram paciência para ler este texto. Os meus parabéns.

Este texto. Este palavreado todo resume-se a uma palavra: Depressão.

Em vez de ter gasto tantas palavras e ter arranjado tantos floreados. Eu poderia ter simplesmente escrito isto. E agora leiam o segundo texto:

 

Ando perdida. Procuro por alguém que me olhe de uma forma especial. Um olhar que diga algo. Não aqueles olhares vazios a que já me habituei. Alguém que entenda o que sou, porque o sou e que queira descobrir o que ainda não alcancei sozinha.

 

Este segundo texto, do meu ponto de vista resume muito bem toda a palhaçada que escrevi no primeiro. Que, apesar de não estar mal escrito. Tem palha para olhos de burro.

 

E agora perguntam vocês: mas que raio vem a ser isto Alien?

Ok. O essencial a maior parte das vezes diz-se em poucas palavras. Ou em muitas palavras mas boas. Quando se tem a pretensão de mostrar que se sabe escrever - não sabendo- caímos no ridículo. Os humanos amam por demais os floreados.

 

E fico por aqui. A minha opinião vale pelo que vale. Hoje deu-me para isto.

Mas isto sou só eu.

Ai...Biden!

por Alien, em 04.11.22

Este vídeo é assustador.

Não é novo.Muitos terrestres já o devem ter visto. A cena decorre num discurso do presidente dos Estados Unidos à nacão. Biden está a ler o teleponto e, enquanto o faz, vai lendo as "dicas" do texto. COMO ASSIM ALIEN?

Imaginem que tem no teleponto esta frase: a democracia é vital - repetir- a democracia é vital.

Ora bem, os terrestres lêem a frase mas não mencionoam a palavra "repetir". 

Neste vídeo o presidente Biden lê tudo o que não devia. Tem piada? Talvez, se fosse um humano qualquer. Sendo este senhor presidente de uma das maiores potências mundiais é assustador. 

A demência é horrível. Muitos de nós até conhecem terrestres que estão a passar por este problema, mas, esses terrestres não tem os códigos nucleares consigo.

Assusta? Assusta sim.O Trump já esfrega as mãos a pensar que o seu regresso está iminente.
Mas isto sou só eu